Foto/reprodução – Gegê do Mangue e Paca

 A Polícia Federal prendeu nesse domingo, 7, um homem identificado como Carlenilto Pereira Malta, 39. Ele é suspeito de ter participado da morte dos líderes facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) no Ceará, Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, e Fabiano Alves de Souza, o Paca. A prisão foi registrada no bairro Garcia, em um apartamento de luxo, na Zona Sul de Aracaju (SE), com ele a polícia encontrou jóias celulares e documentos.

O crime aconteceu no dia 15 de fevereiro do ano passado. O dois mortos foram levados de helicóptero ao local onde foram executados. A dupla foi encontrada morta a tiros na reserva indígena de Aquiraz, a 30 quilômetros de Fortaleza, no Ceará.

Carlenilto Pereira Malta já foi transferido para o Ceará.

Em maio do ano passado, o piloto do helicóptero foi preso. Ele foi identificado como Felipe Ramos Morais. Ele foi capturado pela Polícia Federal em Caldas Novas (a cerca de 160 km de Goiânia), e deu detalhes do voo em depoimento à PF.  Ele delatou sobre outras pessoas envolvidas no crime.

Seis meses depois do crime, o MP-CE (Ministério Público do Estado do Ceará) denunciou um total de nove homens e uma mulher suspeitos de terem participado do crime contra Gegê do Mangue e Paca.