Para marcar a Quinta-feira Maior, as populações católicas de Aracaju (SE) e São Cristóvão (SE) revivem hoje à noite os últimos momentos de martírio de Jesus Cristo com perseguição dos soldados romanos. Na capital, será no Bairro Industrial e na cidade histórica, a procissão sairá da Praça São Francisco. A Procissão do Fogaréu é uma das mais tradicionais celebrações culturais e religiosas e acontece em vários pontos do mundo.

Em Aracaju, haverá missão às 19h na Igreja São pedro São paulo e à meia-noite 40 homens vestidos de soldados sairão da Igreja encenando a perseguição. Qualquer pessoa pode acompanhar a procissão que encenará  os últimos momentos de Cristo.

Na quarta cidade mais antiga do Brasil, a celebração começa às 20h, após a Missa do Lava-Pés que acontecerá às 18h, na igreja Nossa Senhora da Vitória (Matriz).

A procissão do Fogaréu contará com 300 homens que percorrerão o Centro Histórico da cidade retratando atos da vida de Cristo. Em seguida, retornam à Praça São Francisco onde acontecerão todas as encenações.