Após uma comissão de aprovados no concurso da Polícia Militar clamar ao Governo do Estado pela apelação judicial da decisão do juiz Manoel da Costa Neto de suspender o concurso para soldado da Polícia Militar de Sergipe, o Governo do Estado deu uma boa notícia ao pessoal e informou no Jornal da Fan 1ª Edição que irá recorrer à Justiça.

“A Procuradoria Geral do Estado (PGE) já se reuniu com a Secretaria de Planejamento e com a delegacia que está apurando a fraude e está juntando os elementos que vão comprovar que não houve contaminação do processo. Houve uma tentativa de fraude que não foi bem sucedida com o trabalho da polícia que conseguiu evitar”, disse o secretário de comunicação do Governo do Estado, Sales Neto,  ao ressaltar que a decisão final será tomada pelo Poder Judiciário.

Hoje, 8,  pela manhã, a comissão dos aprovados conversou com o repórter do Jornal da Fan, Narcizo Machado, e disse que a decisão judicial da comarca de Nossa Senhora do Socorro é injusta.

Relembre – O concurso da Polícia Militar de Sergipe foi realizado no dia 01 de julho com 661 vagas e  69.281 inscritos para Soldado PM. No dias das provas objetivas, dois irmãos foram presos sob suspeita de fraude. No último dia 2, o juiz Manoel da Costa Neto concedeu liminar favorável a dois candidatos que entraram na justiça pedindo a suspensão do concurso. Esta semana, dia 7, o mesmo juiz, decidiu que a suspensão valeria apenas para o edital de soldado ( o concurso foi para oficial da  PM e para soldado).

Na foto em destaque: Luana Ramalho, Thiago reis, Sávio de Tarso, João Almeida, membros da Comissão de Aprovados no Concurso da PM