X

Governador anuncia data para convocação de aprovados em concurso da PMSE

Foto: Igor Sá

O impasse entre os aprovados no concurso da Polícia Militar de Sergipe parece estar perto do fim. Em entrevista ao radialista Narcizo Machado, durante o Jornal da Fan desta terça-feira, 14, o governador do estado, Belivaldo Chagas (PSD) anunciou que fará hoje o anuncio da data em que convocará os aprovados, durante uma “live” em suas redes sociais a partir das 12h.

O concurso realizado em 2018 está cercado de polêmicas e já foi suspenso algumas vezes, agora é considerado válido.

O cancelamento foi motivado pela prisão de dois irmãos que tentavam fraudar o certame, o que segundo os candidatos que ingressaram com o pedido de cancelamento na Justiça, evidencia a vulnerabilidade do processo.

Durante a entrevista, Belivaldo ainda falou sobre a relação com o presidente da República Jair Bolsonaro,  sobre gestão estadual, reajuste concedido aos desembargadores do TJ-SE e ainda sobre o cenário político que pode se estabelecer em 2020.

Bolsonaro

‘O Governo Federal deve apresentar um plano de recuperação fiscal, que vai estabelecer metas. O estado que atender essas metas, vai ter acesso a recursos, mas não há nenhuma exigência política feita pelo presidente para ter acesso a recursos financeiros”, garantiu o governador.

Na semana passada, ele esteve em Brasília (DF) e comentou sobre o encontro. “O clima foi descontraído. Amor à primeira vista. Já desci do palanque e não tenho nenhuma dificuldade no relacionamento com o presidente”, pontuou.

Gestão estadual

Mais uma vez o governador falou sobre as dificuldades financeiras enfrentadas pelo Estado, mas garantiu seu empenho para superá-las. ‘Estamos buscando todos os meios possíveis de garantir a boa governabilidade. Há tratativas para ações de crédito que possibilitem a chegada de cerca de R$ 200 milhões. Com esses recursos, a prioridade é recuperar rodovias estaduais, como a que liga Lagarto a Riachão do Dantas (SE) e a que liga Pinhão (SE) a Poço Verde (SE).

Rejuste/ desembargadores

O Ministério Público de Contas emitiu uma parecer  determinando ao Governo do Estado que não aplicasse os efeitos da Lei Complementar nº 310/2018, que entrou em vigor no dia 1º de maio, e previa aumento na tabela de subsídios de militares que cumpriram mais de 30 anos de serviço até o dia 31/03/2018. A decisão do Pleno enfatizou, sobretudo, o impacto mensal de mais de R$ 3 milhões que a Lei causará na folha de inativos do Sergipeprevidência.

O assunto gera polêmica e cobranças do líder da oposição na Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Georgeo Passos e do presidente da Associação dos Policiais Militares de Sergipe (Amese), sargento Jorge Vieira.

O governador disse que está cuidando do caso e que as coisas acontecem conforme o “seu relógio”. ‘Nos vamos pagar. Estou discutindo com a equipe econômica de onde tirar, para atender a exigências do Tribunal de Contas. Boa vontade não em falta, mas tenho que ter responsabilidade”, afirmou.

2020

Sobre 2020, o governador foi muito sucinto. Questionado sobre a possibilidade de rompimento entre o PT e o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do b), Belivaldo disse que só discutirá  sobre eleições, no próximo ano. ‘Não sou padre pra fazer casamento, nem juiz para desmanchar. tenho uma excelente relação com todos. o meu desejo é que continuemos juntos, mas agora estou preocupado em governar com todos e para todos”, finalizou.

Modificado em 14/05/2019 11:27

" Redação FAN F1 : ."