O presidente estadual do MDB, João Augusto Gama, afirmou na manhã desta terça-feira, 15, que deixará a presidência do partido após a realização da convenção para as eleições de 2018. Gama disse que esta decisão foi tomada após avaliar que este é o tempo certo. O emedebista está a frente do partido há cinco anos em Sergipe.

Gama disse ainda que sua saída da presidência, não representa nenhum afastamento do MDB. “Continuarei trabalhando junto com o meu partido como sempre fiz”, afirmou.

O último dia estabelecido pela Justiça Eleitoral para realização das convenções é o dia 04 de agosto. Sem apresentar data, Gama garantiu que fará a convenção do MDB antes desta data.