A mais recente edição do ranking anual da organização Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal do México apontou que a cidade de Aracaju (SE) ocupa  25ª colocação, entre as cidades mais violentas do mundo. O estudo da ONG foi divulgado nesse domingo pela Revista Exame.

O estudo avalia os índices de violência pelo mundo em cidades com mais de 300 mil habitantes e foi feito há poucas semanas. Os dados levados em conta são de 2018. De acordo com o levantamento, das 50 cidades que fazem parte da lista, 15 estão no México, 14 no Brasil, 6 na Venezuela e 4 nos Estados Unidos.

Em 2017, o país que contava com o maior número de cidades neste ranking era o Brasil. O estudo notou, contudo, uma relativa diminuição da violência em algumas cidades brasileiras como Fortaleza, João Pessoa, Maceió e Manaus. As cidades de Porto Alegre, Campina Grande e Vitória, que fizeram parte da edição 2017 da lista das cidades mais violentas do mundo, não estão constam mais na relação.

  • Aracaju (Brasil)
    Taxa de homicídios: 48,77 par cada 100 mil habitantes

A Secretaria de Estado da Segurança Pública de Sergipe (SSP-SE) descredibilizou os dados apresentados pela ONG e informou que a instituição não conta com dados oficiais, além de contabilizar os homicídios de municípios da região metropolitana e atribui-los somente à capital. Ainda assim, registrou que a os levantamentos apresentados pela ONG revelam redução na taxa de homicídios na Grande Aracaju, que saiu de 62,76 % para 48, 77% para cada 100 mil habitantes, uma redução apontada pela SSP-SE de 22,3%.

Fonte: Revista Exame