Depois de uma audiência na manhã dessa terça-feira, 12, no Juizado Especial Criminal de Aracaju (SE), o prefeito da capital Edvaldo Nogueira (PC do B) retirou a queixa-crime que movia contra o presidente do Sindicato dos Médicos do Estado de Sergipe (Sindmed) João Augusto.

No dia 16 de outubro do ano passado, ao conceder uma entrevista, o sindicalista teria, na interpretação do prefeito, insinuado que o administrador público era corrupto, o que teria motivado a denúncia de Edvaldo.

Em entrevista ao Jornal da Fan na manhã desta quarta-feira, 13, João Augusto, disse que foi mal interpretado e que seus embates com o prefeito são na área sindical e não pessoal.