O coração é o símbolo do amor. É, também, aquele que representa a força, a verdade, a justiça, a sabedoria, a intuição, o divino, o nascimento, a regeneração, a vida. Por isso, a Secretaria Estadual da Saúde (SES), em alusão ao Dia Mundial do Coração, a ser comemorado neste sábado, 29 de setembro, traz informações e dicas para que a população possa cuidar bem desse órgão tão importante.

As doenças cardiovasculares mais comuns são a hipertensão arterial, o acidente vascular cerebral (derrame) e o infarto agudo do miocárdio e, para evitar esses males, é necessário prestar atenção aos próprios hábitos no dia  a dia. Ter uma vida saudável com a prática de atividades físicas, alimentação com quantidade reduzida de gorduras e rica em folhas e legumes, redução do consumo de carnes vermelhas e açúcares, são algumas dicas do médico cardiologista que compõe o corpo clínico da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) Rodrigo Carvalho de Melo Lima, que ressalta “exercícios físicos são ótimos para o coração, porém devem ser acompanhados por um profissional especializado”.

Outro fator importante que coloca o coração em risco e merece ser destacado é o perigo da automedicação. “O perigo da automedicação em relação a analgésicos e anti-inflamatórios é o risco de estar mascarando uma doença que possa estar sendo a causa da dor, como por exemplo, um tumor. Cada organismo é diferente do outro e o efeito da mesma medicação pode ser diferente para cada um. A medicação para pressão de uma pessoa pode não fazer efeito na outra ou até provocar efeitos indesejados”, comenta Dr. Rodrigo.

Os problemas cardiovasculares estão entre as maiores causas de mortalidade nos últimos anos e o motivo é, dentre outros, o estilo de vida adotado, principalmente nas grandes cidades. A prevenção é fundamental, principalmente com o público jovem.  “Gostaria de reforçar que os cuidados com a saúde começam em casa, cuidando da nossa alimentação e da que oferecemos para os nossos filhos”, concluiu o cardiologista.

Dia Mundial do Coração

O dia 29 de setembro foi escolhido como o Dia Mundial do Coração pela Federação Mundial do Coração (World Heart Federation) em 2000. O objetivo dessa data é divulgar os perigos das doenças do coração e estimular hábitos saudáveis como prevenção. A doença cardíaca e o acidente vascular cerebral são as principais causas de morte no mundo, com 17,3 milhões de vidas colhidas por ano. Neste dia realizam-se campanhas em todo o mundo e manter o coração saudável equivale a ter uma vida mais longa. Esse pode ser o dia perfeito para deixar de fumar, para começar a fazer exercício físico e a alimentar-se melhor.