A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) fez um levantamento sobre as ocorrências registradas nas delegacias da Mulher dos municípios de Aracaju, Itabaiana, Lagarto e Estância no ano de 2018 e apresentou nesta sexta-feira, 8, Dia Internacional da Mulher. Os números mostram 37 casos de de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) contra a mulher sendo 16 deles tipificados como feminicídio.

Givanildo dos Santos Bernardo está foragido. Foto: Fan F1

Helena Alves dos Santos, 23 anos, foi uma das vítimas. Ela foi morta em setembro a golpes de faca no município de Simão Dias pelo ex-marido na presença dos dois filhos do casal que estava recém-separado. O inquérito foi concluído, ele foi indiciado por feminicídio, mas está foragido. A Polícia Civil solicita que denúncias sobre o paradeiro dele sejam feitas pelo telefone 181.

A pesquisa mostra o registro de: 1.585 casos de ameaças; 795 lesões corporais; 779 casos de violência doméstica; 614 casos de injúria; 224 casos de difamação; 187 de vias de fato; 93 de dano; 67 registros de estupro de vulnerável; 27 casos de estupro; 13 registros de calúnia e 9 de maus tratos.

A mulher vítima de algum tipo de violência deve acionar a polícia através do 190, ou 180. Em ambos os casos o atendimento é sigiloso.

Com informações SSP/SE