A promotoria do Ministério Público de Tobias Barreto (SE), a 127 km de Aracaju (SE), ajuizou ação civil pública contra o Departamento Estadual de Estradas e Rodagens  (DER) cobrando melhorias urgentes nos acessos a cidades da região centro-sul de Sergipe, estabelecendo prazo de 10 dias para que o órgão apresenta um cronograma de obras de alargamento e restauração. Na ação, o MP alerta: qualquer acidente que ocorra, o DER será responsabilizado civil e criminalmente.

De acordo com a ação, as rodovias estaduais que dão acessos às cidades de Lagarto, Poço Verde, Itabaianinha e Tobias Barreto estão com muitos buracos, remendos e precisam urgentemente serem restauradas e alargadas para assegurar a vida de motoristas e todos que trafegam por esses locais.

Os promotores de justiça Etélio de Carvalho Prado e Paulo José Francisco citam que essas vias têm tráfego intenso de veículos e por isso o risco de acidentes de trânsito é grande. Registra, também, que vários ocorrências foram notificadas por autoridades da área e que, se outras vierem a ocorrer, o DER será responsabilizado civil e criminalmente.

DER informa – A direção do Departamento de Estradas e Rodagens informou por meio de sua assessoria que enviou um preposto à audiência e que ainda estava se inteirando da situação.