Iniciadas em 2015 e com previsão de entrega para fevereiro de 2017, as obras de reforma do Centro Internacional de Convenções de Aracaju (CIC) ficaram cerca de dois anos paralisadas. O governador do estado, Belivaldo Chagas (PSD) anunciou nesta semana, que as obras serão retomadas na próxima quinta-feira, 17.

A empresa responsável pela construção desistiu do contrato após um ano de reforma e consumo de quase R$ 5 milhões. Um novo processo licitatório foi lançado no último mês de outubro e, em janeiro, escolhida a responsável pelas obras.

A reforma do Centro de Convenções prevê novo pavilhão, onde funcionava o antigo Centro de Treinamento da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), e será anexado ao espaço atual, totalizando 14.000 mil m² e aumentando a capacidade total do CIC para 5.000 mil pessoas. O pavilhão contará com oito auditórios removíveis com capacidade para 1.400 pessoas. A sala principal do novo CIC será climatizada e o telhado receberá tratamento acústico, além da criação de aproximadamente 100 novas vagas de estacionamento. A construção de rampas de acesso a pessoas com deficiência e elevadores também facilitarão a mobilidade dos visitantes.