A polícia concluiu as investigações do crime que levou à morte do farmacêutico, John Michel Brito de Almeida, cujo corpo foi encontrado na estrada do povoado ladeiras, próximo a um lixão, no município de Monte Alegre, sertão de Sergipe, no dia 29 de novembro do ano passado. Para a polícia, que detalhou as apurações e o crime hoje, 01º de março, a motivação foi ciúmes e a vítima foi torturada e executada por um indivíduo identificado como Bernardino, que já está preso.

De acordo com o delegado Fábio Pereira, Michel foi sequestrado logo após sair de um barzinho que costumava frequentar na cidade de Poço Redondo, distante a cerca de 28 km de Monte Alegre.  Ainda segundo o delegado, Bernardino estava no bar todo o tempo, esperando a saída de Michel, quando só então se dirigiu a ele.

Outras duas pessoas foram presas – uma em Sergipe e outra no estado do Paraná – por terem ajudado Bernardino na execução do crime. Os três negam as acusações, mas de acordo com o delegado, as provas são bastante técnicas, uma delas, comprovando, por meio de testemunhas, a presença do trio no local do crime.

Corpo de Michel foi encontrado com sinais de tortura. Foto: Arquivo Fan F1

Tortura – No corpo de Michel, foram encontradas perfurações de tiros na face, e parte do lóbulo da orelha arrancada. Os olhos estavam vendados e as mãos amarradas. “O que indica um crime bárbaro”, declarou o delegado em entrevista hoje de manhã.

A motivação –  O delegado Fábio Pereira disse não ter dúvidas quanto à motivação do crime: ciúmes. “Bernardino, tinha uma namorada e conheceu a vítima. algumas pessoas fizeram fotos e postaram em redes sociais. Bernardino por ciúmes matou Michel” afirmou.

O delegado disse ainda que ele ameaçou uma testemunha que estava no momento em que as fotos foram feitas e também a ameaçou. Essa pessoa, com medo, fugiu para  Salvador.

Suspeito estagiou em delegacia – Michel era farmacêutico concursado de Poço Redondo. O acusado, não tem passagem pela polícia, mas estagiou em uma delegacia e tem uma farmácia no município de Poço Redondo, sem autorização para venda de medicamentos controlados. Segundo o delegado, com ele, foram encontrados remédios controlados que podem ter sido roubados de Michel e por isso Bernardino irá responder, também por roubo, além de homicídio e porte de arma.

Fábio Pereira disse que, durante as investigações, descartou a possibilidade de o crime ter sido cometido por questões da atividade profissional de Michel. “Foi por ciúme”, declarou.

Suspeitos presos. Foto: SSP/SE