Em entrevista a George Magalhães no Jornal da Fan desta quarta-feira, 13. A deputada estadual Ana Lúcia (PT), afirmou que o convite a Eliane Aquino (PT) para ser vice-governadora na chapa de Belivaldo Chagas (PSD) tem caráter machista.

“Porque ser vice de novo? Se Eliane pode ser vice tem cacife para comandar o processo. Já disse a ela que faço uma avaliação de que isso não passa de um comportamento machista que visa secundarizar o papel da mulher”.

Para Ana Lúcia todo histórico de Eliane Aquino e a herança política que ela carrega de Marcelo Deda a credenciam para comandar o processo. A deputada entende ainda que Eliane não deve aceitar individualmente o convite, mas antes, deverá respeitar as instâncias partidárias.

Outros assuntos

Na entrevista, a deputada fez uma análise de que o PT não deve abrir mão da candidatura de Lula. “Não tem que ter plano B. Temos que ter juízo, é Lula e pronto”, disse.

Sobre o Governo Belivaldo Chagas, Ana Lúcia disse que é perceptível uma intenção de melhoria na Saúde e Assistência Social, mas que na Educação mão houve avanços. Ela voltou a criticar a quebra da carreira e estratégia de ampliação do ensino em tempo integral que segundo ela tem diminuído o número de matrículas nas escolas.