Nessa terça-feira, dia 24, no auditório do Museu da Gente Sergipana Governador Marcelo Déda, em Aracaju, acontece mais uma rodada de sessões públicas promovidas pela Comissão Estadual da Verdade. A sessão será iniciada às 8h30, com o depoimento do médico e ex-senador da República José Alves do Nascimento, e contará também com o depoimento do geólogo Artemízio Cardoso de Resende. A proposta é registrar os depoimentos de vítimas de violações dos direitos humanos, em Sergipe, no período de 1946 a 1988, quando o Brasil enfrentava a ditadura militar.

Os depoentes da próxima sessão pública da CEV  figuram como alvos da chamada Operação Gaiola, ocorrida no início de novembro de 1970, da qual se teve conhecimento apenas recentemente, em face dos documentos coletados pela própria Comissão.

A Comissão Estadual da Verdade realiza ainda, na quarta-feira, dia 25, também às 8h30, uma sessão pública especial, uma roda de conversa na qual serão relatados testemunhos de familiares e amigos de vítimas da dura repressão política ocorrida a partir da década de 50 do século passado. Estão confirmadas as presenças de Antônio Bittencourt, Pedro Hilário, Major Teles, José Rosa de Oliveira Neto, Edgar Ribeiro, Manoel e Ofenísia Freire.

Foto/ilustração