A cantora Deise Cipriano, ex-integrante do grupo Fat Family, morreu nesta terça-feira, 12, aos 39 anos, em São Paulo. A artista estava internada no Instituto do Câncer (Icesp), tratando um câncer no fígado, doença contra a qual lutava desde agosto de 2018. Após ser sedada e entubada por conta de uma queda de pressão arterial e falta de ar nesta terça, Deise entrou em coma e não resistiu.

A cantora se recuperava em casa desde o início de 2019, mas após as dificuldades para se alimentar e os sintomas de febre e náuseas, foi encaminhada para o Centro de Atendimento de Intercorrências Oncológicas e internada na última segunda-feira (11). A cantora chegou a ficar 19 dias em coma em 2018, quando foi internada pela primeira vez. A morte foi confirmada pelas assessorias do Icesp e de Deise.

Deise deixa uma filha, Talita Cipriano, que chegou a raspar o cabelo em homenagem a mãe durante o tratamento contra a doença. Em 2011, outro integrante do Fat Family e irmão de Deise, Sidney Cipriano, também morreu aos 46 anos em decorrência de um acidente vascular cerebral. Celinho, Celinha, Simone, Suzetti e Kátia completam o grupo.

Com o Fat Family, Deise ganhou proporção nacional ao se inspirar em artistas americanos como Whitney Houston e James Brown. No perfil oficial da cantora, os fãs invadiram a última publicação com comentários de despedida.