Ao todo, entre bovinos e bubalinos, deverão ser vacinados em Sergipe 1,2 milhão de animais durante a primeira etapa da campanha de vacinação contra a Febre Aftosa. A campanha foi iniciada nessa terça-feira, 1º e segue até o dia 31 de maio. O pecuarista deve declarar a imunização do seu rebanho na unidade da Diretoria de Defesa Animal e Vegetal da Emdagro. Quem descumprir a medida estará sujeito a autuação e multa.

Em caso de reações à vacina, o serviço veterinário oficial deve ser acionado. Os principais sintomas descritos pela Emdagro são: lesão vesicular, salivação excessiva e dificuldade de locomoção.

Há 23 anos em Sergipe não há nenhum registro de Febre Aftosa. Em 2001 o estado recebeu a Certificação Internacional pela Organização Mundial de Saúde Animal como zona livre da doença através de vacinação.