O deputado federal e líder de Temer no Congresso, André Moura (PSC), tem uma campanha rica e com muito material. O volume de santinhos tem causado desperdício e trazido problemas para a limpeza dos espaços públicos em Aracaju. O Fan F1 já havia recebido diversas reclamações, mas sem imagens. Nesta terça-feira, 25, recebemos de um leitor a denúncia de como ficou o canteiro da Rua José Olino, em frente a sede do Sebrae, no bairro Capucho, em Aracaju (SE).

Provocado a se pronunciar, o secretário municipal de Meio Ambiente, Augusto César, disse que irá tomar providências e notificar os líderes das campanhas. “Vamos notificar para corrigirem o erro e ao Tribunal Regional Eleitoral, para que seja feita uma avaliação de possível infração eleitoral, já que estão causando esse desrespeito”, afirmou. A Secretaria de Meio Ambiente explica também que casos reincidentes poderão ser multados.

A cobrança por campanhas limpas é cada vez maior na sociedade

A Procuradoria Regional Eleitoral do Ministério Público Federal (MPF) informou que esse tipo de problema não traz implicação eleitoral, apenas o derramamento proposital de material de campanha no dia da eleição é proibido e fiscalizado. Segundo o MPF, a sujeira da cidade durante o período eleitoral deve ser denunciado ao órgão ambiental competente para fiscalização de crime ambiental.

O assessor do deputado André Moura, o radialista Elder Santos, lamentou o fato e disse que há uma postura de prevenção na campanha com os locutores orientando a todo momento as equipes a não desperdiçarem material.

Qualquer cidadão pode reclamar das sujeiras deixadas pelas campanhas entrando em contato com a Sema pelo número 3225-4178.