David Lucas dos Santos, de 17 anos/ vítima

O expediente terminou de forma trágica para o jovem David Lucas dos Santos, de 17 anos, nessa quinta-feira, 14. Ele foi morto a facadas, de acordo com testemunhas, por um colega de trabalho,  chamado Jhon Lucas de Melo Santos. Os dois teriam brigado na loja onde trabalhavam no cruzamento das ruas Laranjeiras e Lagarto, no Centro de Aracaju (SE).

Uma tia da vítima, identificada como Fabiana Bezerra, informou que Jhon devia uma quantia em dinheiro a David, que foi cobrar ao colega, quando acabaram discutindo. “As informações que eu recebi dos colegas dele é que na discussão, meu sobrinho deu um soco em Jhon por volta volta das 14h, que voltou depois já perto do final da tarde e o matou a facadas na frente da loja”, lamentou.

Fabiana disse ainda que seu sobrinho era uma pessoa muito tranquila.

David era morador do município e Riachuelo (SE), onde acontece o velório do seu corpo, em uma igreja evangélica, frequentada por ele e pela família. O sepultamento está marcado para às 10h de hoje no cemitério do município. O jovem era casado e deixa uma filha menor de um ano.

Jhon Lucas de Melo Santos/ Foto: Marcos Couto

O principal suspeito do crime, apontado por testemunhas como o assassino, foi preso em menos de quatro horas depois do crime. Uma equipe do Grupamento Tático com Motos (Getam) conseguiu localizar Jhon Lucas de Melo Santos, no Povoado Calumbi, em Nossa Senhora do Socorro (SE). À polícia, confirmou a autoria do crime e informou que buscava abrigo na casa da avó, que mora no local.