Questionado no Jornal da Fan desta quarta-feira, 18, se o PCdoB optará por André Moura (PSC) como segundo nome para o Senado, o líder do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), vereador Bittencourt  (PCdoB) garantiu que não há possibilidade de concretização desta aliança.

“Sob hipótese alguma o PCdoB votará em André, sob esse aspecto somos igual a água e óleo. Temos diversas divergências políticas, mas isso não nos impede de continuar esse pacto pela gestão da cidade e agradecendo ao deputado federal André Moura pelos recursos que estão chegando para Aracaju”, afirmou Bittencourt.

Quanto a sua declaração feita na sessão dessa terça-feira, 17, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), o líder do prefeito reafirmou: “Valadares é um coronel”,  e explicou o contexto em que ela foi feita, numa reação às criticas feitas pelo vereador Elber Batalha (PSB), que voltou a exibir vídeo de Edvaldo da campanha de 2016, onde o prefeito afirma que André Moura é um chefe de quadrilha.

Segundo Bittencourt, o senador não tem condições políticas de criticar a relação de Edvaldo com André. Segundo o comunista, o senador Valadares foi o único governador que teve a coragem de colocar a Polícia Militar para bater em professor. “Este fato está registrado na história política de Sergipe”.

Vetos – O líder do prefeito analisou como dentro da normalidade a quantidade de vetos do prefeito aos projetos aprovados na CMA e disse não entender como um problema o fato de parte da bancada estar sempre votando para derrubar os vetos. “Os vereadores votam conforme entendem. É natural que o autor do projeto vote pela derrubada do veto e receba a solidariedade dos seus pares”, analisou Bittencourt.