O governador em exercício Belivaldo Chagas (PMDB) informou que o agrupamento político liderado por Jackson Barreto ainda não discutiu questões relacionadas à candidatura a governador, mas assegurou que o grupo terá candidato em 2018. “Não está posto que eu seja candidato. Claro que teremos candidato. Nós temos nomes no nosso agrupamento político e no momento próprio se decidirá quem será o candidato”, disse Belivaldo em entrevista ao radialista George Magalhães na Fan FM.

“Eu não tenho uma cara voltada para o povo e outra para o espelho, ou seja, não sou aquele que sorri para o povo, mas que só defende projetos pessoais. Eu só tive um lado, exatamente do lado deles e foi exatamente eles me deixaram aqui onde estou, e estou muito satisfeito”, falou ao se referir ao senador Valadares e ao filho dele, o deputado federal Valadares Filho, ambos do PSB.

Sem apontar nomes de forma direta, Belivaldo Chagas disse que não tem duas caras e que defende, exclusivamente, projetos de interesse para o Estado. “Eu não tenho uma cara voltada para o povo e outra para o espelho, ou seja, não sou aquele que sorri para o povo, mas que só defende projetos pessoais. Eu só tive um lado, exatamente do lado deles e foi exatamente eles me deixaram aqui onde estou, e estou muito satisfeito”, falou ao se referir ao senador Valadares e ao filho dele, o deputado federal Valadares Filho, ambos do PSB.

Numa outra cutucada no deputado federal Valadares Filho, Belivaldo Chagas disse que, o filho do senador só não se lançou candidato a vice-governador nas últimas eleições porque tinha medo de que Jackson Barreto perdesse. “Você não teve foi coragem, Valadares Filho”, disse.

Belivaldo Chagas assumiu o comando do Estado no último dia 06 pelos próximos 16 dias, quando o governador Jackson Barreto entrou em férias. Desde então, o governador em exercício disse que vem cumprindo agenda extensa na capital e no interior do Estado. “Não sou figura decorativa, nem puxador de escola de samba. Eu trabalho mesmo”, ressaltou.

Ele aproveitou o detalhamento da agenda de trabalho que fez no decorrer do programa para “alfinetar” os Valadares e disse que Valadares pai e o filho devem estar bastante satisfeitos por ver o candidato que eles dizem que foi posto no governo por meio deles, trabalhando exaustivamente.