A Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe (Avosos) lança nesta quarta-feira, 5, uma programação com diversas atividades em referência ao Setembro Dourado, mês dedicado a conscientização sobre os sinais e sintomas sugestivos do câncer infantojuvenil, para contribuir com a sua detecção e tratamento precoce Entre as ações, está uma oficina de customização de camisas.

A ação é realizada em parceria com o Curso de Design de Moda da Unit, que tem a supervisão da professora Bruna Marques, fotógrafo Fábio Pamplona (Studio Aju), Amanda Ramos Make Up e Florlin Fashion Fitness. Quem adquirir a camisa do Setembro Dourado, ao preço de R$ 25, terá direito a uma customização.

Para engajar ainda mais a sociedade no Setembro Dourado, os assistidos pela Avosos Estefany Silva de Souza (14), Isabella Rayane (17), Kaique Silva Santos (23), Lilia Melo Azevedo Menezes (13) e Vinicius Santos (15) participaram de um editorial em um estúdio da capital.

“Eu me sinto muito feliz em doar minha imagem para colaborar com esta campanha. Foi justamente no mês de setembro que descobri que estava com câncer e é importante descobrir cedo a doença, enquanto é tempo. Sou muito agradecida a Avosos e o momento no estúdio foi muito especial para mim. Agradeço a todos, uma equipe muito atenciosa”, revela Isabella Rayane, que é assistida pela avosos.

A verba arrecadada com a venda das camisas vai ajudar nas atividades da Casa Tia Ruth de Apoio à Criança e ao Adolescente com Câncer. A Avosos fica localizada na rua Leonel Curvelo, 55, bairro Suíssa. Informações: (79) 3212-4731 / 98172-8724.

Diagnóstico Precoce

A família deve ficar atenta a sinais e sintomas que podem ser confundidos com outras doenças comuns à infância: características como palidez progressiva, dor óssea, nas articulações, inchaço que provocam dificuldades de andar, manchas roxas ou sangramentos em locais que não são de traumas – principalmente nos membros inferiores e superiores, febre prolongada que deixa a criança em condições apáticas.
É fundamentam também a família ficar alerta ao perímetro cefálio das crianças pequenas, dores de cabeça diárias matutinas acompanhadas de vômito, alterações no equilíbrio, na visão, no andar, presença de ínguas frequentes. Diante desses sintomas é importante que a criança seja avaliada por um médico.

A família deve também prestar atenção a sintomas que não existiam antes, como convulsões, alterações nos olhos como estrabismo, tumores na perna e nos braços. Além disso, perda de peso importante sem explicação tem que ser investigada, assim como o comportamento da criança que deixa de brincar e só quer ficar deitada.