O adolescente Fábio Farias, 16 anos, conseguiu uma vaga de UTI, após passar uma semana entubado na UPA Nestor Piva. Cansado de aguardar pela vaga, os pais do garoto, apelaram no Jornal da Fan desta quarta-feira, 13, e no final da manhã o menino, que sofre de problemas neurológicos, conseguiu uma vaga no Hospital de Cirurgia, em Aracaju (SE).

“A gente deu entrada no Nestor Piva terça-feira da semana passada e no mesmo dia os médicos entubaram ele, e desde então, a gente vem cobrando uma avaliação de um neuro, mas ele não teve, nem a transferência para a UTI, porque o Nestor Piva é uma urgência, é para passar 24 horas, não é para passar mais de dois dias entubado”, apelou a mãe de Fábio, Glícia Farias a repórter Magna Santana e ao âncora do programa Narcizo Machado.

O pai do garoto, Éder Farias, acrescentou que o menino está há uma semana – ele deu entrada no Nestor Piva no dia 5 – sem a assistência de um neuro e sem os medicamentos necessários.

Ainda no decorrer do programa, que vai ao ar de segunda a sexta-feira das 5h50 às 9h, o diretor de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde (SES), André Carvalho, disse que, embora o governo venha se esforçando para ampliar o número de vagas na urgência, não há leitos de UTI suficientes na rede pública do Estado. O jornalista assegurou que está acompanhando o caso e que assim que surgisse uma vaga, faria contato.

Durante a matéria, a Comissão de Direitos da Infância da OAB-SE e o Conselho Estadual de Saúde participaram e endossaram o apelo dos pais, exigindo da SES uma providência imediata.

Sergipe tem cerca de 100 leitos de UTI. Desses, 75 estão no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), sendo 65 para adultos e 10 pediátricos.