Na tarde desta quarta-feira, 09, após o ato público em frente ao Palácio de Despachos, a comissão de negociação da rede estadual foi recebida pelo governador Belivaldo Chagas. O chefe do Poder Executivo estadual ouviu a reafirmação da pauta da rede estadual e marcou audiência com o secretário da Fazenda, Ademário Alves de Jesus, para o dia 18 às 15h.

“Para o Sintese, o agendamento dessa audiência com o secretário da Fazenda aponta na perspectiva de que se vá além da fala da falta de recursos. A expectativa da direção do sindicato e da categoria como um todo é que o governo apresente alternativas para reconstruir a carreira do magistério”, afirma a presidente do Sintese.

Professores dançaram o “Acorda Belivaldo”. Foto: Sintese

Tempo integral – Os dirigentes também reforçaram o caráter excludente do atual modelo de Ensino Médio em Tempo Integral e apresentaram a proposta para que as duas modalidades (integral e parcial) possam ser oferecidas nas escolas. O governador acenou a possibilidade de encaminhamento, mas solicitou que o sindicato formalize a proposta.

Acorda Belivaldo – “Acorda Beli, acorda governo. Acorda pessoal, vem consertar o desmantelo”. Foi com esse refrão que professoras e professoras da rede estadual da capital e do interior mostraram a sua indignação no ato realizado na manhã desta quarta, 09, em frente ao Palácio de Despachos.

Por Sintese