No meio de uma confusão pela distribuição de água no Povoado Saúde, no município de Capela (SE), um adolescente de 14 anos, identificado como Cleverton Sales dos Santos  acabou morrendo na noite dessa quinta-feira, 12. De acordo com informações do próprio autor do crime, um senhor identificado apenas como José, de 70 anos, a criança acabou recebendo uma paulada na cabeça depois que jovens, no meio da confusão passaram a chamá-lo pelo seu apelido, que seria “cotó”, em referência a uma deficiência em um dos braços.  O idoso se apresentou espontaneamente a agentes da Polícia Civil e foi encaminhado à Delegacia Regional de Itabaiana (SE), unidade plantonista, onde prestou depoimento e confessou ser o autor da paulada que vitimou o adolescente, mas negou que a intenção fosse matar o menino.

Ao receber a paulada o adolescente chegou a ir para sua residência onde começou a sentir um mal estar, foi encaminhado ao Hospital de Capela, mas acabou morrendo. O corpo de Cleverton foi recolhido e encaminhado ao Instituo Médico Legal (IML). Até às 7h desta sexta-feira, 13, ainda não havia sido liberado.

A família do garoto está revoltada e classificou a atitude do idoso como inaceitável.

Cleverton morava com os pais e tinha mais quatro irmãos. Os horários e locais do velório e sepultamento ainda não foram divulgados pela família.

Confusão

De acordo com o avô da vítima, José Nilton, a confusão inicialmente foi motivada por conta da distribuição da água de um aquífero que fica no povoado. “Já tem pelo menos 15 dias que pedimos à Prefeitura para diminuir a retirada de água do nosso aquífero. Querem tirar nove carros-pipa, quando pedimos para que fossem apenas retirados três porque acaba prejudicando o abastecimento aqui”, informou.

A Prefeitura de Capela, disse que dados técnicos comprovam a capacidade do aquífero para abastecer não só o povoado onde ele está, mas também outros povoados que precisem de água e por isso foi usada força policial, mediante uma liminar para que fosse garantida a retirada de água do aquífero.

Colaboração: Sandoval Notícias

Foto: Cedida pela família