A equipe técnica da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) flagrou, na manhã desta sexta-feira, 13, um matadouro clandestino no conjunto Marcos Freire III, localizado no município de Nossa Senhora do Socorro, grande Aracaju (SE). No local, foi identificada a prática de abate irregular de bovinos e suínos e a carne era vendida em feiras livres da região.

Crianças foram encontradas no local trabalhando. Foto: Adema

Durante a operação, a equipe também localizou carcaça de um animal, comprovando a prática de abate.

No local, foi encontrada muita sujeira. Foto: Adema

O ambiente, completamente desprovido de estrutura adequada, não possui nenhum tipo de licença e os animais eram abatidos ao ar livre, o que comprova a falta de preocupação com a higiene e total descumprimento as normativas de abate humanitário.

O proprietário confessou a equipe que o material era comercializado em feiras livres da região.

Ainda no decorrer da ação, a equipe técnica identificou o descarte irregular de dejetos líquidos e sólidos (cabeça, cascos, chifres, gordura e sangue animal), provenientes do abate. Também foi constatada a presença de menores de idade trabalhando no lugar.

Por conta disso, a Adema autuou o proprietário e determinou a paralisação imediata da atividade de abate.

Ascom Adema